Todos os posts com a tag: #Igreja Santa Edwiges

Padre Antônio completa 60 anos de ministério na Av. Cupecê

Um dos párocos mais importantes da zona sul de São Paulo, o Padre Antônio Alves da Silva, 95 anos, mais conhecido como Padre Antônio, completa 60 anos de ministério. Ordenado em 1961, ajudou a fundar a igreja Nossa Senhora de Loreto, no bairro do Aeroporto e em 1963 veio para o Jardim Miriam, onde ajudou a criar a igreja de Santa Edwiges, onde permanece até hoje.  Nestes 58 anos de atividades no bairro, a Comunidade Santa Edwiges já realizou milhares de eventos beneficiando os moradores locais entre, Primeira Comunhão, batismos e Casamentos. Desde 2016, as igrejas fundadas pelo Padre Antônio, foram doadas para a Igreja Católica Romana, pertencendo à Diocese de Santo Amaro, pois antes pertenciam à Igreja Ortodoxa Militante e agora, por conta disto, a unidade do bairro do Aeroporto mudou de nome, agora se chama “Comunidade Santa Faustina”. Já a Santa Edwiges, permanece com o mesmo nome e sob o comando do Padre Antônio. Não foi apenas o trabalho ministerial que o tornou conhecido pelo bairro, mas também pelo seu trabalho social junto …

Padre Antônio doa igreja Santa Edwiges à igreja “Católica Romana”

Aos 95 anos de idade, Padre Antônio Alves, fundador da Igreja Católica Santa Edwiges, na Avenida Cupecê, e também um dos responsáveis pelo desenvolvimento do bairro do no Jardim Miriam, no inicio dos anos 60, doa a igreja ao Ministério Católico Romano, pertencendo à diocese de Santo Amaro. Depois de décadas como igreja Ortodoxa, agora as missas celebradas por Padre Antônio seguem à liturgia da igreja Católica Romana. Um dos responsáveis pela formação e urbanização do bairro do Jardim Miriam, Padre Antônio Alves, doou a tradicional igreja Santa Edwiges ao Ministério Católico Romano, pertencente à diocese de Santo Amaro. Segundo o padre, em 2016 decidiu agregar a Santa Edwiges ao ministério Católico Romano e foi autorizado pelo bispo da Diocese de Santo Amaro Dom Giuseppe “José” Negri a permanecer no posto. A igreja Santa Edwiges, é a mais antiga do bairro, fundada em 1963 pelo Padre Antônio e pertencia ao ministério da Igreja Católica Ortodoxa Militante, porém ficou popularmente conhecida na região como “Igreja Católica Brasileira”. “A igreja era católica ortodoxa, nunca foi brasileira”, corrigiu …