Todos os posts em: Notícias

Comunidade prepara ato pelo CEU Cidade Ademar

Um grupo de moradores da região intitulado Movimento pelo CEU Cidade Ademar prepara um ato pela construção da nova unidade na região no próximo dia 14 de maio na Praça da Vila Joaniza. O terreno indicado pela Prefeitura pertence à Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal, popularmente conhecido como Clube da Caixa, voltado para os trabalhadores do banco estatal. Entretanto, o caso está na Justiça (leia matéria publicada esta semana no jornal O Bairro), caso a Justiça dê causa ganha ao clube, como fez com outras entidades como São Paulo, Palmeiras, Paulistano entre outros, um outro local deverá ser estudado para a implantação do CEU. De acordo com informações do jornal o Bairro, um outro terreno possível pode ser um local na Vila Joaniza apelidado de “Fazendinha”.

Mulheres de Paraisópolis inauguram Projeto de Corte e Costura na Cidade Ademar

Em busca de promover a capacitação e o empoderamento de mulheres em situação de vulnerabilidade social, a Associação das Mulheres de Paraisópolis (AMP) em parceria com a Costurando Sonhos Brasil, que já formou cerca de 600 mulheres na segunda maior favela de São Paulo, agora expande o projeto de capacitação em corte e costura para a Cidade Ademar. O lançamento acontece nesta segunda-feira, 02 de maio, no espaço do Anjos do Bem. Serão capacitadas 50 mulheres, graças a uma emenda parlamentar da deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP). Serão duas turmas para capacitação, uma no período da manhã (das 08h às 12h) e outra à tarde (das 13h às 17h). Os cursos terão duração de dois meses e seguirão de uma nova capacitação, para fomentar a entrada dessas mulheres no mercado de trabalho. “Nós queremos garantir não só que a mulher saia capacitada em costura, como também que saiam empreendedoras, capazes de produzir para as grandes companhias, como Americanas, Santander e Itaú”, afirma uma das idealizadoras da iniciativa, Suéli Feio. “Essa é a melhor forma para …

Trabalhadores defendem Clube da Caixa onde Prefeitura quer construir CEU Cidade Ademar

Clube luta para que a lei de isenção de IPTU, como acontece com os grandes clubes, como Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Paulistano, entre outros, sejam aplicadas para que se faça isonomia perante o caso. Mesmo antes do parecer jurídico, a Prefeitura de São Paulo já projeta a construção do CEU Cidade Ademar em uma parte do terreno pertencente à Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal, popularmente conhecido como Clube da Caixa, voltado para os trabalhadores do banco estatal e comunidade, na Vila Joaniza, por meio de desapropriação de parte do terreno como pagamento de dívidas de IPTU. O clube alega que obedecerá a decisão judicial, mas luta pela isonomia garantida em lei que já beneficiou dezenas de clubes de São Paulo, entre eles, Palmeiras, Corinthians, São Paulo, entre outros. Em nota, o clube afirma que respeitará a decisão da Justiça, pois há processo judicial de desapropriação, de uma parte do clube, denominado CECOM – Centro Comunitário, que sob exame e decisão do Poder Judiciário do Estado de São Paulo. De acordo com o Clube …

Comunidade Santo Afonso e Ministério Capelinha celebram a Páscoa em prol das crianças

Neste domingo, dia 17, Ministério Capelinha da Paróquia Santo Afonso, o time de futebol Um Dois e Passa, a ONG Cechama, Sarau Santo Afonso e Bakhita Bolos e Salgados celebraram a Pascoa em um evento na Rua da Lama, em Americanópolis em prol das crianças da região. Foram distribuídos alguns brindes ao som de muita música, brinquedos e lanches para cerca de 200 crianças. Veja as imagens do evento

Cidade de São Paulo conta com a maior rede de proteção à mulher vítima de violência do país

Em 2021, apenas na cidade de São Paulo, foram atendidas 42.212 mulheres nos 17 serviços que compõem a rede de proteção A Prefeitura de São Paulo tem uma ampla rede de proteção à mulher, a maior do país, capaz de atender à demanda da população, com equipamentos dedicados ao acolhimento e capacitação para romper com o ciclo de violência. Segundo o prefeito, o trabalho da Prefeitura é de combater a violência, mas principalmente valorizar a mulher. “Este evento é uma marca de que temos que estar juntos para solidificar, cada vez mais, as políticas públicas que estamos desenvolvendo para as mulheres, ainda mais no combate à violência contra a mulher”, destacou o prefeito. Tanto é que em 2021, apenas na cidade de São Paulo, foram atendidas 42.212 mulheres nos 17 serviços que compõem a rede de proteção à mulher vítima de violência da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC). O número representa um aumento de 75% em relação ao total de atendimentos registrados no ano anterior. Além de equipes da Guarda Civil Metropolitana …