Autor: Denise Nascimento

Atribuição da categoria “O” revolta professores

A atribuição de aula para os professores da categoria “O” da rede Estadual de Ensino, tem revoltado centenas de professores da região. Esta atribuição acontece pela pontuação de cada docente inscrito de acordo com a sua manifestação e a própria Diretoria de Ensino que entra em contato. De acordo com informações de alguns professores nas redes sociais, caso o professor não atender o telefone pode perder a vaga. “Quando chegou a minha vez verifiquei que já tinha passado, ao reclamar me informaram que ligaram três vezes. Não atendi pois estou trabalhando ainda na escola”, relatou um professor que não se identificou.

Doenças de verão: como evitar otites, dores de garganta e alergias respiratórias?

Especialistas do Hospital Paulista dão dicas de prevenção a problemas que podem atrapalhar as férias de verão O verão está chegando e, com ele, para muitos, a temporada de férias. Se por um lado, o tempo quente e seco é um verdadeiro convite para praias, piscinas e cachoeiras, por outro, pode ser a porta de entrada para alguns problemas de saúde. Os otorrinolaringologistas do Hospital Paulista Gilberto Ulson Pizarro e Cristiane Passos Dias Levy alertam para as doenças mais comuns na estação e dão dicas de prevenção às otites, dores de garganta e alergias respiratórias. Dor de garganta Apesar de mais comum no frio, a dor de garganta pode ter várias causas, sendo a mudança brusca de temperatura uma delas. Conforme Dr. Gilberto, a oscilação do clima diminui o batimento ciliar da mucosa, podendo deixar bactérias entrarem na garganta. “A piora pode acontecer por conta das trocas bruscas de temperatura, como quando alguém está no sol quente e depois toma sorvete. Ou, ao chegar da praia com o corpo quente, ir para o ar-condicionado”, explica …

Ipiranga, São Miguel e Santo Amaro estão na rota da semana da Paraoficina Móvel

Reparos em cadeiras de rodas, órteses e próteses são realizados gratuitamente para a população carente Nesta semana, a Paraoficina Móvel percorre mais três Centros Especializados em Reabilitação (CERs) para manutenção e reparos em cadeiras de rodas, órteses, próteses, muletas, bengalas e andadores. A realização dos serviços é feita, das 9h às 17h, de forma gratuita para a população mais carente do município de São Paulo. A primeira parada será no CER Flávio Gianotti, no Ipiranga, nesta terça-feira (23). A zona leste é o destino da Paraoficina Móvel na quarta (24). A parada para o trabalho é o CER São Miguel. Na sexta (26) é a vez do CER Santo Amaro, na zona sul, que fecha a programação desta semana. Na próxima segunda-feira (29), o CER M’Boi Mirim abre a agenda da última semana do mês, que se encerrará no CER Tucuruvi. O serviço pode ser agendado pelo telefone (11) 3913-4071. No dia marcado, o munícipe deve apresentar o cartão do SUS e um documento com foto. A Paraoficina Móvel é uma iniciativa da Secretaria Municipal da …

As balas do farol

Com milhares de pessoas desempregadas, há cada vez mais gente trabalhando no mercado informal. Há ainda o aumento daquelas pessoas que vendem balas no farol, recarregador de baterias de telefones celular e crianças que são utilizadas pelos pais para ganharem trocados lavando os vidros do carro nos sinais. Agora estão surgindo uma nova leva de pessoas que ganham alguns trocados: são os malabaristas e mágicos, que durante um minuto alegram os motoristas e recebem um dinheirinho e transformam os principais semáforos da cidade em um verdadeiro ponto comercial. O lado negativo são as crianças que são exploradas nestes locais revelando à sociedade que a política social falhou em todos os aspectos, no âmbito federal, estadual e municipal. Quando uma criança bate nos vidros fechados de nossos carros, apenas balançamos a cabeça dizendo que não temos nada, no máximo, procuramos algumas moedinhas e damos as crianças. Mas também poderíamos, como sociedade exigir mais de nossos governantes por uma educação transformadora a começar com a escola que deveria acolher esta criança, pois nestes tempos de crise a …

Centros Esportivos retomam as aulas

Analistas da SEME receberam treinamento especial sobre os protocolos sanitários. Retorno das aulas será de forma gradual. Os Centros Esportivos da Prefeitura de São Paulo, equipamentos administrados pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), vão retomar as atividades nesta quarta-feira (1) seguindo as orientações sanitárias estabelecidas pelo Centro de Contingência do Coronavírus para garantir a retomada segura no Estado. As aulas nos Centros Esportivos estavam suspensas desde março de 2020. O retorno vai ocorrer de forma gradual, em três etapas elaboradas pelo GT-Retomada, grupo de trabalho responsável pela organização do Plano Individual de Retomada. A transição entre as etapas será feita de acordo com avaliação dos indicadores informados pelo GT-Retomada. Os analistas da SEME, em parceria com a Escola Municipal de Saúde, receberam treinamento especial sobre todos os protocolos sanitários para a retomada. Na Etapa 1, serão permitidos até 35% dos alunos nas salas de demais espaços para aulas nos Centros Esportivos. Na Etapa 2, poderão frequentar as aulas 50% dos alunos. Já na Etapa 3, as aulas serão oferecidas a 100% dos alunos. Os analistas …