Cultura
Deixe um comentário

Exposição “22 Periférico”, circuito literário e Carnaval estão entre os destaques das Fábricas de Cultura

Em fevereiro, as unidades do programa na zona Norte e Sul de São Paulo e Diadema têm programação variada voltada para cultura periférica

As Fábricas de Cultura, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerenciadas pela Poiesis, irão explorar a produção cultural periférica ao longo do mês de fevereiro. As atividades nas unidades da Zona Norte (Brasilândia, Jaçanã e Vila Nova Cachoeirinha), Sul (Capão Redondo e Jardim São Luís), e Diadema são gratuitas e ocorrem de forma virtual e presencial.

Entre os destaques do mês está a exposição “22 Periférico”, que reúne releituras de obras dos principais artistas do movimento Modernista produzidas por cinco artistas periféricos, ex-aprendizes da Fábricas de Cultura Brasilândia, que atualizam os debates da Semana de Arte Moderna para os conflitos observados atualmente nas margens da cidade.

A exposição pode ser visitada até 27 de fevereiro na Fábrica de Cultura Brasilândia e ainda inclui a exibição do curta-metragem “Novamente 22”, do coletivo Zéfiro Norte. O curta busca construir uma linha do tempo com performances no Teatro Municipal de São Paulo (onde ocorreu a Semana de 22) e na Cinemateca Brasileira, trazendo a linguagem cênica inspirada nas grandes obras de Anita Malfatti.

A produção artística continua em destaque na unidade Brasilândia com a atividade Sticker: uma manifestação urbana, realizada no dia 23 de fevereiro, às 14h30, pela equipe de Bibliotecas. A proposta é incentivar a produção de sticker art, gênero de arte urbana que utiliza etiquetas adesivas.

Já a Fábrica de Cultura Jaçanã realiza a Batalha do Jaçanã, evento que busca reunir o público para um encontro em forma de rima e poesia, destacando a expressividade do território e sua potência cultural. Atividade ocorre na Praça do Jaçanã no dia 12 de fevereiro, às 18h.

Da música para a literatura, a Fábrica do Jaçanã promove o bate-papo online com Giovanna Lima, autora de “O Manual da Vitória da Doméstica“. Neste encontro, o público conhecerá a trajetória da escritora e de sua obra autobiográfica que ilustra a narrativa de uma empregada doméstica que chega à Universidade de São Paulo (USP). A atividade acontece no dia 8 de fevereiro, às 10h.
 

A literatura também terá espaço na Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha com a atividade online Vamos Fazer Sarau. Realizada pelo cantor Biafra, de Niterói (RJ), junto com os poetas Gracy Morais e Elvio Morais, de São Paulo, o encontro pretende levar poesia e dar voz a artistas pouco conhecidos, além de unir a poesia das duas cidades. A atividade ocorre no dia 15 de fevereiro, a partir das 15h.
 

Fora das páginas literárias, a unidade de Vila Nova Cachoeirinha leva para o espaço virtual as comemorações carnavalescas. Na oficina O Carnaval: uma festa e sua metamorfose, realizada no dia 25 de fevereiro, às 15h, o público conhecerá a história, os elementos da arte e da cultura do carnaval no Brasil.
 

O Carnaval continua na programação da Fábrica de Cultura Capão Redondo. No dia 26 de fevereiro, a partir das 12h, o Bloco do Beco ocupa a Rua Bento Barroso Pereira, no Jardim Ibirapuera, para comemorar os 20 anos de sua trajetória em prol da promoção do lazer na periferia e do fortalecimento da cultura popular.
 

No espaço virtual, é o Circo que terá destaque. No dia 25 de janeiro, às 16h, a Cia Reprises apresenta o espetáculo circense A Alegria do Circo, criado a partir de tradicionais esquetes cômicas e trabalhado sob o olhar dos palhaços. O espetáculo será transmitido no Facebook das Fábricas de Cultura.
 

Circo, dança e música vão se misturar na atividade Grito de Carnaval com a Escola de Samba Cacique do Parque. O encontro acontecerá no campo do “Rexona”, ao lado da Fábrica de Cultura Jardim São Luís, no dia 20 de fevereiro, às 18h.
 

Já a equipe de bibliotecas da Fábrica de Cultura Jardim São Luís convida o público para uma sessão de cinema. No dia 11 de fevereiro, às 14h, será exibido um documentário que traz a história de mulheres periféricas e suas experiências de vida. Logo após a exibição, a equipe de bibliotecas realizará uma roda de conversa propondo reflexões e trocas a partir das histórias representativas da obra.
 

Em Diadema, o papo é mais tecnológico. Na atividade online Introdução ao Design Gráfico e Web, o web design Denis Martines convida o público para uma conversa em que irá esclarecer as principais dúvidas sobre a profissão, como ter sucesso nos projetos e na carreira. A conversa será pelo Instagram das Fábricas de Cultura e ocorre no dia 11 de fevereiro, às 18h.
 

Na Fábrica de Cultura Diadema ainda há espaço para música e poesia. Na atividade Diadema Problema Slam, o público poderá aprender quais são os passos básicos para produzir um evento de Slam, Spoken World, a história deste movimento no Brasil e a sua evolução até os dias de hoje. No final, a dupla Cérebro IDP e Manu IDP apresentam uma intervenção poética. O encontro será transmitido no YouTube das Fábricas de Cultura no dia 11 de fevereiro, às 19h.
 

E digo mais: Ao longo do mês, as Fábricas de Cultura realizam o Circuito Oficina – Livro que Copia, com Paulo Medeiros. Nesta oficina, que será realizada em cada uma das unidades das Fábricas de Cultura de forma presencial, os participantes serão convidados a experimentar o ato de copiar como exercício criativo. Abrindo caminhos para exercitar o próprio fazer por meio da observação, traçado e transformações.
 

Para entrada nos prédios das Fábricas de Cultura é obrigatório a apresentação do comprovante de vacinação contra Covid-19, com duas doses. Em razão do avanço da pandemia, algumas atividades podem ser alteradas ou canceladas. Antes de ir, entre em contato com a unidade.
 

SERVIÇO:
 

Fábrica de Cultura Brasilândia

Exposição: 22 PERIFÉRICO
Até 27/2 — De terça a domingo — das 9h às 20h

Faixa Etária: Atividade Livre

Local: Fábrica de Cultura Brasilândia – Av. General Penha Brasil, 2508 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

Artistas:

Azul Marinha – Artista visual, escritora, transg NB

Blue – Artista visual

Bizu – Artista visual, Customizing Clothes

Vit – Fotógrafa, profissional na área de audiovisual, artesã

Zicra – Artista visual, grafiteira.

Atividade presencial.

Sticker — Uma Manifestação Urbana

Com: Equipe de Biblioteca

23/2 — Quarta-feira — 14h30 às 16h

Faixa Etária: maiores de 10 anos

Local: Fábrica de Cultura Brasilândia – Av. General Penha Brasil, 2508 – Vila Nova Cachoeirinha – São Paulo/SP

Fábrica de Cultura Jaçanã

Batalha do Jaçanã
12/2 — Sábado — 18h
Faixa Etária: maiores de 15 anos
Participação: Aberta ao Público
Local: Praça do Jaçanã – Praça Memória do Jaçanã, s/n – Vila Nilo

Bate-Papo com Giovana Lima | Autora De “O Manual da Vitória da Doméstica”

8/2 — Terça-Feira — das 10h até 12h

Faixa Etária: Atividade Livre

Plataforma: Facebook

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

Vamos Fazer Sarau!

Com: Biafra
15/2 — Terça-feira — 15h às 16h
Faixa Etária: Atividade Livre
Plataforma: Youtube

O Carnaval: Uma Festa e sua Metamorfose
25/2 — Sexta-feira — das 15h às 16h
Faixa Etária: Atividade Livre
Plataforma: Youtube

Fábrica de Cultura Capão Redondo

Bateria Bloco do Beco 20 Anos
26/2 — Sábado — das 12h às 19h
Faixa Etária: Atividade Livre
Local: Bloco do Beco – Rua Bento Barroso Pereira, 2 – Jardim Ibirapuera – São Paulo/SP

Espetáculo “A Alegria do Circo”

Com: Cia Reprises
25/2 — Sexta-feira — das 16h às 16h30
Faixa Etária: Atividade Livre
Plataforma: Facebook

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

Grito de Carnaval

Com: Escola de Samba Cacique do Parque
20/2 — Domingo — 18h às 21h30
Faixa Etária: Atividade Livre
Local: Campo do Rexona – Rua: José Rodrigues Maciel, 23 – Parque Santo Antônio

Mulheres Periféricas e suas Lutas

Com: Equipe de Biblioteca

11/2 — Sexta-feira — das 14h às 15h30

Faixa Etária: maiores de 12 anos

Local: Fábrica de Cultura Jardim São Luís – Rua Antônio Ramos Rosa, 651 – Parque Santo

Antônio – São Paulo/SP

Fábrica de Cultura Diadema

Introdução ao Design Gráfico e Web

Com: Denis Martines
11/2 — Sexta-feira — 18h às 19h
Faixa Etária: Atividade Livre
Plataforma: Instagram

Diadema Problema Slam
11/2 — Sexta-feira — das 19h às 22h
Faixa Etária: Atividade Livre
Plataforma: Youtube

Todas as Fábricas

Circuito Oficina: Livro que Copia

Com: Paulo de Medeiros

08/2 — Terça-feira — das 10h às 11h30 | Jardim São Luís

08/2 — Terça-feira — das 14h30 às 16h | Capão Redondo

09/2 — Quarta-feira — das 14h30 às 16h | Diadema

10/2 — Quinta-feira — das 10h às 11h30 | Brasilândia

10/2 — Quinta-feira — das 14h30 às 16h | Vila Nova Cachoeirinha

11/2 — Sexta-feira — das 14h30 às 16h | Jaçanã

Faixa Etária: Atividade Livre

Local: Atividade presencial nas unidades

——

Fábrica de Cultura Brasilândia

Avenida General Penha Brasil, 2508 | Telefone: (11) 3859-2300

Fábrica de Cultura Capão Redondo

Rua Bacia de São Francisco, s/n | Telefone: (11) 5822-5240

Fábrica de Cultura Diadema

Rua Vereador Gustavo Sonnewend Netto, 135 – Centro – Diadema/SP | Telefone: (11) 4061-3180

Fábrica de Cultura Jaçanã

Entrada 1: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 | Entrada 2: Rua Albuquerque de Almeida, 360 | Telefone: (11) 2249-8010

Fábrica de Cultura Jardim São Luís

Rua Antônio Ramos Rosa, 651 | Telefone: (11) 5510-5530

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

Rua Franklin do Amaral, 1575 | Telefone: (11) 2233-9270

Funcionamento das unidades

De terça a sexta, das 9h às 19h. Finais de semana e feriados, das 12h às 17h.

Funcionamento das bibliotecas em fevereiro (1 a 15/02)

De terça a sexta, das 10h às 16h. Sem os finais de semana.

Acessibilidade: as Fábricas de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Jaçanã, Capão Redondo, Jardim São Luís e Diadema oferecem rampa de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, elevador, sanitários acessíveis, piso tátil, equipamentos que permitem a leitura para pessoas com deficiência visual e motora, impressoras braille, leitor de audiobooks e acervo com mais de 110 exemplares em braille (livros e audiobooks).

Devido à pandemia da Covid-19, parte da programação cultural vem ocorrendo de forma on-line*. Todas as atividades são gratuitas. Saiba mais no hotsite +Cultura e no site das Fábricas de Cultura.

*Sujeito às mudanças mediante orientações dos órgãos responsáveis.
 

SOBRE AS FÁBRICAS DE CULTURA

As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que promovem diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada. Nas unidades você encontrará cursos, atividades, bibliotecas e estúdios de gravação. Em 2022, as Fábricas de Cultura – programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis – contam com o patrocínio do Instituto Center Norte e o Instituto GPA, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Apoios como estes contribuem para a realização de atividades de formação e difusão cultural para crianças, jovens e adultos.
 

SOBRE A POIESIS

A Poiesis — Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s